2.12.14

O mundo mudou com T de tecnologia.



    Todo meu mundo mudou. Não tenho mais celular,  agora tenho smartphone. Tinha computador, hoje deveria ter macbook,  mas tenho mesmo ė um all-in-one, e acho que computador com monitor, torre e nobreak já não existe de verdade, quase um mito, talvez você os encontre em algum museu. Sobre jornal e revistas não vou nem falar, eles existem, mas só pra quem gosta deles.

    Tudo hoje está nas redes sociais, acho que dominaram o mundo, talvez isso seja a skynet que o Terminator tanto falava. Um monstro mesmo, todo mundo está nelas e os donos delas tem todas as informações sobre nós,  sabem de todos os nossos gostos, dos eventos das nossas vidas como: quando casamos, quando tivemos filhos, quando morremos, nossos aniversários, onde passamos natal, para onde viajamos e todas as outras coisas. 

    Tem o tal do Foucalt que falava sobre vigiar e punir, mas coitado ele achava que o Estado o fazer isso,  mas a coisa tá bem pior, porque toda a sociedade tem uma câmera consigo no bolso, caminhamos tirando fotos, filmando, e divulgando tudo isso sempre. Caso haja uma briga na rua nós começamos a filmar e depois pensamos em ligar para a polícia e temos que desligar a câmera para fazer isso, ou seja, melhor que alguém ligue, porque filmar é mais importante. 

    Todo mundo hoje tem 3 aparelhos para fazer quase as mesmas coisas, temos um smartphone + tablet + algo que lembra um computador, que todos fazem quase que as mesmas coisas, mas precisamos ter os três,  porque senão estamos incompletos, sem contar os acessórios e outras tecnologias como tvs,  rádios,  videogames portáteis e não portáteis. 

    Também apareceram uns caras do neurologistas e psicólogos que entenderam a mente humana, mas não conseguiriam consertar nem um relógio de corda, mas dizem que podem nos dominar e fazer com que compremos o que eles quiserem, que tenhamos reações que eles incitam e outras coisas mais, uma loucura, uma insanidade, mas a verdade é que a gente compra mesmo. 

    Tudo está conectado por Bluetooth, wireless, wire, GPS,  ou 3G/4G e acredite ainda não achei quem me explique a diferença entre eles,  não faço idéia de como funciona, mas uso todos eles. 

   Traduzindo tudo isso: continua sendo difícil ser alguém, ainda mais do que na época que esse blogspot foi criado, mesmo com todas essas ligações todo mundo ainda quer ser especial pra alguém, ou pra alguma coisa, as pessoas ainda desejam ser melhores que as outras, não sei direito porque, mas eu também ainda quero. 

   Todas pessoas dançam, pulam, tocam toda sorte de instrumentos, escrevem, lutam, jogam, doam, calculam, trabalham, vivem por um lugar ao sol do seu próprio sol, do seu ego. Chamam todo mundo para mostrarem o quão são bons e dedicam suas vidas aos resultados, a sua satisfação, vivem buscando a felicidade, mas acho que ainda não entenderam a coisa. Eu tenho quase certeza que ainda não entendi. A vaidade ainda é vã, seja na vida ou no seu divã consciente. 

   O mundo mudou muito e esse é o informativo de hoje, descrito pelo autor do presente, que olhou para o passado, e percebeu que vive no futuro de ontem e queria parar por aqui. 

    
  

5.4.11

Pobre homem rico e pobre homem pobre

Conheci dois homens em uma mesma noite, um parecia pobre estava um pouco bêbado e parecia "alegre", o segundo era rico e sabia se gabar de sua riqueza como ninguém, mas os dois tinham algo em comum estavam procurando uma coisa que não acham.Eles tem um buraco infinito dentro deles e ficam tentando eliminá-lo com coisas banais.
Para vocês compreenderem melhor vou destrichar um pouco a estória do encontro com cada um e o que cada um me contou.

O primeiro se apresentou fazendo repente, meio bêbado , em frente um bar/restaurante que um amigo meu estava tocando, falava sobre a vida como não era necessário ter coisas materias, que nada disso ia ser levado para a eternidade, e ainda falava o quanto valia ter amigos,família e como um jogador de futebol agradecia sempre primeiro à Deus.

Então, percebi que todo mundo se afastava dele.Fiquei com uma certa pena e fui puxar conversa, tentar realmente conhecê-lo.E percebi que era um homem trabalhador, era nordestino,e dizia se sentir tranquilo com a maneira como vivia, apesar de não consegui entender algumas coisas que ele falava percebi que ele tinha umas concepções bem legais de casamento e de como levar a vida, mas não parecia agir de acordo com o que falava.

Continuamos conversando e ele falou que ninguém sabia de tudo e que o mundo dá voltas,e assim começei a dizer coisas sobre Deus, fomos conversando da onisciência de Deus e a partir desse momento percebi que ele meio perdido na vida e que estava procurando alguma coisa que ele ainda não sabe o que, e procurava na bebida, nas brincadeiras, nos amigos e apesar de todo o prazer que essas coisas trazem o que ele procurava era Deus e Ele é insubstituível, só Ele pode nos salvar e só Ele tapa o buraco infinito que há na alma do homem e coitado desse homem que ainda não conseguiu perceber isso, por isso digo pobre homem pobre.

É realmente uma pena ver aquele homem tapando o buraco infinito que ele tem no peito com qualquer coisa e lógico sem lograr êxito.Eu até conseguia me ver ali, ver que um dia eu já fui igual a ele, procurando tapar um buraco com risadas , bebida , gente e outros.Porém torço para que Deus fale com ele diretamente, e esse nordestino perceba o que realmente precisa.

Todavia, como eu falei na introdução eu encontrei dois homens, então falarei do segundo agora. Este, era um homem rico que encontrei um outro bar/restaurante na mesma noite, assistindo as reprises de lutas do UFC.E veio conversar comigo perguntando:- Você sabe quem eu sou?, sem entender muito disse :- Não, e a partir daí ele começou a se gabar dizendo que era muito rico , diretor da empresa "x" de investimentos , seu filho era professor da Ibmec e que sua mulher estava em Florianópolis construindo uma casa de praia pra eles.Nesse instante, apareceu um amigo dele e ficaram conversando, não prestei atenção , porém logo que esse amigo foi embora ele começou a falar:- Ahh! Agora ele é superintendente do banco tal e tá se achando alguma coisa , com certeza eu estou ganhando muito mais que ele.

Porém, depois disso tudo ele demonstrou a fraqueza disse que estava sem ninguém em casa, que os filhos não moravam com ele , que ia ficar hoje só ele e o cachorro e agora carregava um certo peso nos olhos, tinha ficado tudo com um ar mais tristonho e o homem que se mostrava quase como um rei , se mostrou um pobre que parecia perceber que nada daquilo valia,por ter aquilo,já que sua família não vivia com ele , não me parecia ter amigos, afinal de contas precisava puxar assunto com um rapaz na rua para mostrar que era rico.E esse também está procurando alguma razão pra viver também e o pior desse é que pensava ter achado no dinheiro, mas ele mesmo percebeu que não é exatamente isso que deveria estar buscando, logo digo para esse pobre homem rico.

Tomara que um dia achem o que realmente precisam que é de Deus.

Isso, nos faz perceber que não depende de classe social , de raça , ou qualquer outra distinção para se precisar de Deus , porque ele é simplesmente insubstituível e só Ele pode nos completar , muito obrigado por isso Senhor , meu Rei e meu Deus.

Que um dia eles não sejam mais os pobres dignos de pena, mas que sejam pobres de espírito e deixem o orgulho de lado para que recebam o Reino dos céus, que tenham força pra deixar tudo de lado diferentemente do jovem rico(Mt 19:16-22) para poder seguir o nosso Senhor Jesus Cristo.


10.7.09

Problemas do cristão.

Dentro da igreja protestante temos ainda algumas idéias que nos desvirtuam da meta do cristão.A meta de qualquer cristão é dar frutos e servir à Deus.Porém, existem coisas que retiram a capacidade de sermos trabalhados por Deus, porque só a partir d´Ele poderemos dar frutos e servi-lo.E o problemas são alguns mitos que são interiorizados na prática, no aprendizado,pelo do olhar através do exemplo.
Podemos citar a questão do cristão que se considera muitas vezes perfeito, incapaz de errar, incorruptível, o que não é bem verdade. O que seria mesmo verdade é que pecamos e somos muito imperfeitos e ainda somos diferentes,ou seja , seria impossível traçar um rótulo de como é ser cristão,como diz o Fruto Sagrado:- Eu sou diferente igual a todo mundo, sem Você não sou ninguém.

E o problema maior é que isso vem, às vezes, tanto pelo exemplo de ver outros fazerem (para ver como é grande esse problema se aprende não por errar, mas por pegar do outro, pelo exemplo que é dado), ou por acreditar que aquilo que faz não condiz com uma atitude cristã e poderia escandalizar os outros, porém se pecamos devemos confessar e se fizemos algo errado é melhor procurar alguém que possa nos ajudar e não guardar e camuflar para que não apareça.
Além disso, também existe a idéia de que se é muito forte,sou um cristão muito antigo(são esses que dão o exemplo so ser cristão) de que não sou capaz de errar. Eu líder de célula, ministro de louvor e diácono, entretanto sejam esses ,ou qualquer outro, podem errar e provavelmente irão, porque quando caímos, já diria o pai do Batman, é para aprender a levantar.

E essa idéia de que se é forte ainda vem acompanhada de uma idéia comum na psique, de que você é melhor do que o outro, e é o que gera tanta “guerra” entre os homens. Isso é a aplicação prática da teoria de Thomas Hobbes quando ele diz que o homem se conhece muito melhor que o outro e assim sempre se achará mais inteligente , mais perspicaz do que o outro. E assim viramos um tipo de super-homem, que faz pensar que não somos capazes de erro e só o outro que erra e é assim: sou super e pronto.
Existe uma teoria chamada teoria dos papéis (não sei se é esse mesmo o nome).Mas, o que é válido ressaltar é que essa teoria relata sobre a questão adaptável do homem nas situações cotidianas, a partir da sua maneira de agir.Ou seja, você não fala com a sua mãe do mesmo jeito que fala com seus amigos, ou com seu professor, ou com o pastor, ou com a garçonete.

O ponto é que nós assimilamos pela cultura, como devemos agir em cada situação, sendo o grau de importância que rege esse maneira de agir.Isso, começa a fazer parte de nós de uma maneira automática. O pensamento é: quem tem uma posição maior merece maior respeito e maior trato no falar, já que eu tenho que parecer ser do mesmo nível que ele, dessa maneira você não chamaria nunca o Presidente Lula de você, mas sim de Vossa Excelência Ilustríssimo Presidente Lula , se bem que no caso dele de repente rolasse um companheiro , mas isso é uma esquisitice somente dele.
Destarte ficamos camuflados e na grande maioria das vezes não conseguimos ser nós mesmos por completo,poderíamos somar no nosso cotidiano a postura na igreja, ou melhor, a postura diante de Deus. Porque mesmo diante de Deus onde deveríamos ser nós mesmos, já que Ele nos conhece completamente, muitas vezes nos camuflamos. Entre aleluias e glórias,falsos algumas vezes, nos escondemos e perdemos nossa sinceridade com Deus e nossa individualidade de mostrar quem realmente somos, porque temos que ser o que é demonstrado, e assim tentamos não errar e tentar nos mostrar perfeitos, diante de Deus. (E nem isso conseguimos, porque não temos nem medida para o que é perfeito para Deus , podemos medir o que é perfeito para o homem , mas para Deus não).

Esses acontecimentos são realizados por um raciocínio bem lógico e fácil, se Deus é perfeito quando falo com Ele tenho que ser perfeito,ou estar perfeito, fica automático como na questão da teoria dos papéis. Contudo, nesse momento, esquecemos da coisa que deve ser mais falada nas igrejas, que Jesus deu sua vida por nós, pelo simples fato d`Ele ser o único a poder pagar pelos nossos pecados, diante da sua perfeição e nos deu perdão. Dentro desse ponto, de não sermos perfeitos, eu ainda me lembro do que Jesus disse em Mateus capítulo 9, versículo 12 ( parte b) “Porque eu não vim a chamar os justos , mas sim aos pecadores , ao arrependimento”. Jesus não veio para os fortes e perfeitos ,mas para os fracos e pecadores imperfeitos.Lembro também do sermão do monte da parte das beatitudes, que Jesus diz: Bem aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Bem aventurado os que choram, porque eles serão consolados. Jesus veio para os imperfeitos e para os que percebem a sua inferioridade diante de Deus, e esses são os donos do Reino do Céus (Amém). São esses que choram e Jesus consola( Amém).
E ainda me veio à mente e não poderia deixar de citar que como o mundo diz todo evangélico é ex-alguma coisa e isso porque Deus nos tira de lá do fundo do mar e nos traz à tona para poder vê-lo, segui-lo e servi-lo.

O que podemos tirar disso é que não é válido na nossa relação com Deus que estejamos camuflados e cheios de escudos, porque Ele sabe das nossas fraquezas, dores e sofrimentos e deseja nos alegrar, curar e tornar fortes n`Ele, porque como já diria Gustavo Borner: - pra quem conhece poder para surpreender, braços abertos você me atrai como um imã.

Logo, quando for se apresentar diante de Deus se mostre como realmente é irmão, pois somos fracos, imperfeitos, cheios de sombras. Mas também somos servos que estamos aqui para controle d`Ele e Ele nos ama e cuida de nós. E a característica principal como cristão é a de ser servo.Nós somos servos amados e cuidados por Deus. E quando estivermos em casa, no trabalho, na faculdade ou na casa de um amigo, esta deve ser nossa característica principal, nosso papel principal, que é irrevogável, que não podemos abrir mão e não abriremos nunca, não importa a situação e nem mesmo o local. Somos servos de Deus e um do outro, e para isso estamos em comunhão e é assim que devemos nos apresentar diante de Deus, fracos e imperfeitos, para que Deus possa lapidar o diamante bruto que somos. Assim teremos frutos e isso é o que qualquer árvore e homem precisa ter para se sentir útil. Isso só vem quando deixamos Deus trabalhar em nós.

Fiquem com Deus

22.8.08

Imagine que...


Bom, estou lendo um livro de Artur da Távola... e nele está escrito que: "crônica é o modo contemporâneo de filosofar"( algumas vezes é só para fazer estórias engraçadas mesmo).


Porém, já que é assim, preparem-se para filosofia de boteco; estava aqui com minha velha mente, pensando, o que iria escrever essa semana ( a maioria dos textos desse blog são muito antigos devem ter uns 2 anos mais ou menos)...então pensei...já sei vou falar sobre a imaginação, esse é um assunto que não sei se por destino ou qualquer outro motivo tenho ouvido muito falar e realmente é engraçado como limitaram nossa imaginação nesses últimos tempos.Talvez você se pergunte, é?Limitaram?Quem foi o safado que fez isso?E vou ter que te falar:- é limitaram e a grande culpada são as imagens.Uhum,sim,as imagens tornaram nossa imaginação menor é até engraçado, ?Imagens...imaginação pego o trocadilho.


Mas piadinha sem graça a parte, é sim foram elas, essas safadas que tiraram de nós o esforço de imagina-lás.Sabe quando você lê um livro de um menino bruxo que estuda em um colégio louco de bruxos é díficil de imaginar en...tão você aluga o filme do tal menino bruxo, fica tudo mais fácil as imagens já estão lá e não deixam mais você viajar nas linhas do livro, fica tudo montado e transforma você no "Menino sem imaginação"(menino sem imaginação é um bom livro por sinal e tem tudo haver com que estou falando, mas é um pouco infantil) e no máximo a partir desse momento, quando você for ler o livro irá dizer assim:-Ahhhh...é essa aquela parte do filme.E aí meu amigo, já era acabou a liberdade da sua imaginação, as asas foram embora.

Cinema, televisão, até o youtube é tudo tão legal,?Legal que nada são um monte de safados querendo tirar sua imaginação rapaz.


O pior é que em um mundo que não temos tempo para mais nada( e isso é verdade tanto que estou escrevendo às 2:06 da madrugada)não ter imaginação torna-se até bom, já que não temos tempo para viajar nas entrelinhas dos livros, porque não ver um filme que dá a sensação de estarmos lá e fugir um pouco dessa loucura na qual vivemos.


Todavia, temos só uma opção de imaginação e essa opção é muito boa, caso não seja a melhor delas,é imaginar e só imaginar o que não vivemos, sabe aquele momento que parecia que ia acontecer...porém não aconteceu.Uhum , aquele momento que parecia que ia dar em beijo e não deu, aquela madrugada que você voltava da casa do seu amigo naquela rua escura esperava o assaltante planejava os golpes e não apareceu nenhum assaltante, aquela pessoa que você conheceu em uma roda de amigos e com certeza pensou que seria um grande amigo seu e não foi,ou quem sabe até aquela discussão com o professor de física na qual você provaria que todas as teorias de Isaac estavam erradas e você não teve coragem...é tantas frustações, que vão desde daquela pessoa que você pensou em ajudar até aquele beijo que você ia dar .Mas não fique triste, talvez não ter acontecido foi melhor, porque você pode imaginar de todas as formas que poderiam ser agora.


É essa nossa única escapatória para continuar existindo a imaginação...agora imagine como vamos acabar com esse modo de imaginar.


Fonte da imagem: http://www.gnosisonline.org/Psicologia_Gnostica/images/imaginacao3.jpg


5.7.08

Morte

Não tenho mais medo de você, tenho medo sim da vida.Daquela tal morte num tenho mais medo algum, acredito na salvação.Não é uma salvação básica teológica a qual as religiões pregam cada uma de uma forma(um lugar no céu ou muitas virgens, quem sabe até voltar para essa terra) , mas acredito que a morte é salvação sim, dessa vida que nos enlouquece.A qual tanto lutamos para sobreviver nela.
Mas esse desejo de sobreviver no fim não significa mais nada.As lutas, os amores, as paixões, os momentos de felicidades, que perto do fim já não existem mais e lutamos para sobreviver quando deveríamos estar lutando para morrer, para descansar.
Quando chega no fim as pessoas todas querem voltar, recomeçar, porque não dá para acreditar que já acabou.O fim é feio, a vida é luta contra as tentações e no fim somos sós e mais um pedaço de carne para esse mundo.

Salvação é o fim e o novo início.
Fim não gostei, disse Guilhermina March

1.7.08

O tempo muda

Expresse seus sentimentos, porém não diga nunca, sempre, tudo, nada. Porque essas expressões com certeza quando esbarradas com o sentimento com o passar do tempo ficaram sem sentido algum. E caso use depois que mudar não se julgue errado, por que no momento fez sem saber e isso é normal, mas depois pode ser perdido porque o tempo muda tudo.

O tempo mudou meus sentimentos, o tempo mudou meu texto, muda nossos pensamentos.Não sei se valeu a pena essas mudança temporais, mas o tempo já me mudou e sempre vai mudar novamente. O tempo muda nossas amizades, muda nossos afetos, não tem nada que o tempo não mude.

Tempo vem destruindo e reconstruindo de outra forma, mas ele destrói sem abalar nosso corpo, não deixa seqüelas nem dá pistas antes (por onde passou ou vai passar) simplesmente vem.

O tempo destrói sem matar ou ferir, o tempo muda o mundo sem que o mundo veja e o tempo passa sem que possamos senti-lo.

Coitado do tempo, na verdade acho que ele só queria chamar atenção, mas parece que nunca vai conseguir.

Desculpe, mas para o tempo muda tudo.