2.12.14

O mundo mudou com T de tecnologia.



    Todo meu mundo mudou. Não tenho mais celular,  agora tenho smartphone. Tinha computador, hoje deveria ter macbook,  mas tenho mesmo ė um all-in-one, e acho que computador com monitor, torre e nobreak já não existe de verdade, quase um mito, talvez você os encontre em algum museu. Sobre jornal e revistas não vou nem falar, eles existem, mas só pra quem gosta deles.

    Tudo hoje está nas redes sociais, acho que dominaram o mundo, talvez isso seja a skynet que o Terminator tanto falava. Um monstro mesmo, todo mundo está nelas e os donos delas tem todas as informações sobre nós,  sabem de todos os nossos gostos, dos eventos das nossas vidas como: quando casamos, quando tivemos filhos, quando morremos, nossos aniversários, onde passamos natal, para onde viajamos e todas as outras coisas. 

    Tem o tal do Foucalt que falava sobre vigiar e punir, mas coitado ele achava que o Estado o fazer isso,  mas a coisa tá bem pior, porque toda a sociedade tem uma câmera consigo no bolso, caminhamos tirando fotos, filmando, e divulgando tudo isso sempre. Caso haja uma briga na rua nós começamos a filmar e depois pensamos em ligar para a polícia e temos que desligar a câmera para fazer isso, ou seja, melhor que alguém ligue, porque filmar é mais importante. 

    Todo mundo hoje tem 3 aparelhos para fazer quase as mesmas coisas, temos um smartphone + tablet + algo que lembra um computador, que todos fazem quase que as mesmas coisas, mas precisamos ter os três,  porque senão estamos incompletos, sem contar os acessórios e outras tecnologias como tvs,  rádios,  videogames portáteis e não portáteis. 

    Também apareceram uns caras do neurologistas e psicólogos que entenderam a mente humana, mas não conseguiriam consertar nem um relógio de corda, mas dizem que podem nos dominar e fazer com que compremos o que eles quiserem, que tenhamos reações que eles incitam e outras coisas mais, uma loucura, uma insanidade, mas a verdade é que a gente compra mesmo. 

    Tudo está conectado por Bluetooth, wireless, wire, GPS,  ou 3G/4G e acredite ainda não achei quem me explique a diferença entre eles,  não faço idéia de como funciona, mas uso todos eles. 

   Traduzindo tudo isso: continua sendo difícil ser alguém, ainda mais do que na época que esse blogspot foi criado, mesmo com todas essas ligações todo mundo ainda quer ser especial pra alguém, ou pra alguma coisa, as pessoas ainda desejam ser melhores que as outras, não sei direito porque, mas eu também ainda quero. 

   Todas pessoas dançam, pulam, tocam toda sorte de instrumentos, escrevem, lutam, jogam, doam, calculam, trabalham, vivem por um lugar ao sol do seu próprio sol, do seu ego. Chamam todo mundo para mostrarem o quão são bons e dedicam suas vidas aos resultados, a sua satisfação, vivem buscando a felicidade, mas acho que ainda não entenderam a coisa. Eu tenho quase certeza que ainda não entendi. A vaidade ainda é vã, seja na vida ou no seu divã consciente. 

   O mundo mudou muito e esse é o informativo de hoje, descrito pelo autor do presente, que olhou para o passado, e percebeu que vive no futuro de ontem e queria parar por aqui. 

    
  

Nenhum comentário: