22.8.08

Imagine que...


Bom, estou lendo um livro de Artur da Távola... e nele está escrito que: "crônica é o modo contemporâneo de filosofar"( algumas vezes é só para fazer estórias engraçadas mesmo).


Porém, já que é assim, preparem-se para filosofia de boteco; estava aqui com minha velha mente, pensando, o que iria escrever essa semana ( a maioria dos textos desse blog são muito antigos devem ter uns 2 anos mais ou menos)...então pensei...já sei vou falar sobre a imaginação, esse é um assunto que não sei se por destino ou qualquer outro motivo tenho ouvido muito falar e realmente é engraçado como limitaram nossa imaginação nesses últimos tempos.Talvez você se pergunte, é?Limitaram?Quem foi o safado que fez isso?E vou ter que te falar:- é limitaram e a grande culpada são as imagens.Uhum,sim,as imagens tornaram nossa imaginação menor é até engraçado, ?Imagens...imaginação pego o trocadilho.


Mas piadinha sem graça a parte, é sim foram elas, essas safadas que tiraram de nós o esforço de imagina-lás.Sabe quando você lê um livro de um menino bruxo que estuda em um colégio louco de bruxos é díficil de imaginar en...tão você aluga o filme do tal menino bruxo, fica tudo mais fácil as imagens já estão lá e não deixam mais você viajar nas linhas do livro, fica tudo montado e transforma você no "Menino sem imaginação"(menino sem imaginação é um bom livro por sinal e tem tudo haver com que estou falando, mas é um pouco infantil) e no máximo a partir desse momento, quando você for ler o livro irá dizer assim:-Ahhhh...é essa aquela parte do filme.E aí meu amigo, já era acabou a liberdade da sua imaginação, as asas foram embora.

Cinema, televisão, até o youtube é tudo tão legal,?Legal que nada são um monte de safados querendo tirar sua imaginação rapaz.


O pior é que em um mundo que não temos tempo para mais nada( e isso é verdade tanto que estou escrevendo às 2:06 da madrugada)não ter imaginação torna-se até bom, já que não temos tempo para viajar nas entrelinhas dos livros, porque não ver um filme que dá a sensação de estarmos lá e fugir um pouco dessa loucura na qual vivemos.


Todavia, temos só uma opção de imaginação e essa opção é muito boa, caso não seja a melhor delas,é imaginar e só imaginar o que não vivemos, sabe aquele momento que parecia que ia acontecer...porém não aconteceu.Uhum , aquele momento que parecia que ia dar em beijo e não deu, aquela madrugada que você voltava da casa do seu amigo naquela rua escura esperava o assaltante planejava os golpes e não apareceu nenhum assaltante, aquela pessoa que você conheceu em uma roda de amigos e com certeza pensou que seria um grande amigo seu e não foi,ou quem sabe até aquela discussão com o professor de física na qual você provaria que todas as teorias de Isaac estavam erradas e você não teve coragem...é tantas frustações, que vão desde daquela pessoa que você pensou em ajudar até aquele beijo que você ia dar .Mas não fique triste, talvez não ter acontecido foi melhor, porque você pode imaginar de todas as formas que poderiam ser agora.


É essa nossa única escapatória para continuar existindo a imaginação...agora imagine como vamos acabar com esse modo de imaginar.


Fonte da imagem: http://www.gnosisonline.org/Psicologia_Gnostica/images/imaginacao3.jpg


2 comentários:

Theo Ian Cavalcanti disse...

Lí o texto mas não imaginei nada pra comentar.. heuheuheue abração!!

Thiago disse...

Ual Cezinha!!!

Muito maneiro o texto...
principalmente o final...

Fiquei imaginando você pensando em quem golpes iria dar se um assaltante viesse te assaltar... confesso que me gargalhei de rir.
e isso só nos mostra o quanto a imaginação pode ser mais divertida do que um filme do Ben Stiller.... humm.... acho que eu exagerei...


Abraços!